Conteúdo para toda família

Oftalmologia
Instituto Nehemy Costa

Degeneração macular relacionada à idade

 

Degeneração Macular Relacionada à Idade ou DMRI, constitui a principal causa de cegueira legal no mundo em indivíduos acima de 50 anos. Trata-se de uma doença degenerativa que envolve a retina, mais especificamente uma região chamada mácula, responsável pela nossa visão central.

Embora estudos recentes tenham mostrado que o fator genético é significativo, a patogênese da degeneração macular relacionada à idade permanece obscura, e os fatores de risco não estão ainda completamente estabelecidos.

A dificuldade de se estabelecer a prevenção e o tratamento da DMRI está, em grande parte, no desconhecimento da sua etiologia e dos mecanismos fisiopatológicos envolvidos nas diferentes fases da doença.

Os fatores de risco para a DMRI englobam: histórico familiar, pessoas caucasianas, idade, obesidade, dieta pobre em antioxidantes, tabagismo, doenças circulatórias e metabólicas - como diabetes e hipertensão arterial - e exposição aos raios solares.

 

CONHEÇA OS TIPOS

 

 

DMRI seca

É a forma mais comum e mais leve da doença. Acometendo cerca de 90% dos casos. Neste quadro, existem componentes chamados de drusas que estão localizadas na região central da retina (mácula) que evoluem lentamente para atrofia, levan• Distorção na visão, chamada de metamorfopsias.

A prevenção e o tratamento da DMRI são realizados por meio de vitaminas, antioxidantes e óculos escuros ou claros com proteção UVA e UVB. Uma dieta rica em vegetais de folhas verdes e pobre em gorduras é benéfica na prevenção à DMRI. Como já mencionado, o tabagismo aumenta a incidência da Degeneração Macular, portanto deve ser evitado.

Tratamentos com laser e injeções de anti-VEGF são os mais usados na DMRI exsudativa. Esta última é realizada para bloquear o crescimento dos vasos anormais no fundo do olho. São necessárias pelo menos 3 aplicações mensais para a estabilização da doença.

A indicação de cada tratamento depende da avaliação médica com o Oftalmologista especialista em Retina. Consultas frequentes ao oftalmologista, com exames detalhados da retina, são essenciais para pessoas com predisposição pessoal, casos presentes da doença na família e, principalmente, àqueles que já têm o diagnóstico ou suspeita das formas iniciais da doença. Isso é indispensável para se evitar o aparecimento e evolução da doença.

 

Os autores são médicos e diretores do Instituto Nehemy Costa Oftalmologia Avançada, em Guaxupé,  especializado em retina e vítreo,  cirurgias, procedimentos e exames complexos.

 

Rua Capitão Erasmo de Barros, 140 - Guaxupé - MG

Telefone: (35) 3551-5388

INSTAGRAM

Curta esta página no Facebook

Poste no seu Twitter

© EDITORA MÍDIA LTDA | Av. Conde Ribeiro do Valle, 255 | 2º Andar | Sala 8

Telefone: (35) 3551-2040 | Cep 37800-000 |  Guaxupé | MG